segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Higiene Publica: Envenenamentos involuntários no uso dos alimentos diários.



O museu portuense: jornal de historia, artes, sciencias industriaes e bellas letras, 
N.º 3, 01 de Setembro 1838

Muito engraçado este artigo de 1838 que nos dá uma perspectiva dos perigos/riscos que as pessoas no séc. XIX enfrentavam no consumo diário de alimentos. Através da sua leitura conseguimos perceber os utensilios mais utilizados na conservação e armazenagem de alimentos - sólidos e líquidos - e de como, de facto, a cozinha é uma alquimia... reacções químicas entre componentes e materiais podiam ser fatais, numa altura onde o frigorífico ainda era uma miragem.

Para melhor leitura do texto, clique em cada uma das imagens e na tecla direita do seu rato em "ver imagem".