segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Bombons de Café

Clara T. Santos: A Doceira Familiar. Empresa Literária Universal, 1954 - pág. 39
Bombons de Café

Açúcar - 250 grs.
Manteiga fresca - 120 grs.
Nata - 1 dcl.
Café torrado e moído - 20 grs.
Azeite do mais fino - q.b.

Com cerca de dois e meio decilitros de água fervente, prepara-se uma infusão de café, na qual, logo que acaba de se ferver, mexendo-a constantemente; depois, junta-se a nata e continua a mexer-se, até que se chegue a ponto de rebuçado, isto é, até que um bocadinho de massa deitando em água fria endureça rapidamente.
Chegado a este ponto, despeja-se a massa sobre um plano de mármore polido e convenientemente untado com azeite, tendo colocado sobre esse plano réguas igualmente untadas, para que a massa se espalhe numa superfície regular e se possa cortar em pequeninos prismas que constituem os bombons.

Observações: Aconselham alguns tratadistas untar os planos de mármore para este trabalho e análogos com óleo de amêndoas doces; mas, em Portugal, parece-nos que se não fabrica óleo de amêndoas doces e o que nos vem do estrangeiro é geralmente falsificado; por isso indicamos o azeite muito fino, que nenhum sabor comunica aos doces.