quinta-feira, 3 de março de 2016

Pudim de Arroz

Revista Serões, nº 70, de 1911 - pág. 320


 Pudim de Arroz

Tem esta receita a vantagem de não levar ovos, o que geralmente não sucede com a maioria dos doces, tornando-a por conseguinte muito económica. A perfeição consiste apenas em ser cozido vagarosamente sobre um lume brando, de forma a que o arroz se dilate a ponto de formar à superfície uma espécie de creme tão delicioso que se derrete na boca. É preferível ser feito de leite com nata, mas não podendo obtê-lo junte-se-lhe 15 gramas de manteiga para dois copos (dos de água) de leite. Tenha-se 30 gramas de arroz e 30 gramas de açúcar, e deite-se o leite sobre as duas coisas tendo o cuidado de ver que nenhum grão de arroz fique ao de cima. Em seguida salpique-se com um pouco de canela sobre a superfície, e deixe-se cozer num forno brando por espaço de duas horas.

Existe outra receita de Pudim de Arroz (receita brasileira), aqui.