quinta-feira, 7 de maio de 2015

Pastéis de Nata

Thesouro de Cosinha - Colecção de Manuaes Modernos
por Jorge Cavalheiro, Imprensa Nacional, Porto, 1928, pág. 60


Pastéis de Nata

Prepara-se uma porção de massa folhada e estende-se convenientemente até ficar na grossura de dois centavos, pouco mais ou menos. Em seguida corta-se em rodas e guarnecem-se com elas pequenas formas de lata, untadas com manteiga, ficando assim prontas as caixinhas dos pasteis. Para o recheio tomam-se três decilitros de nata de leite, 100 gramas de açúcar e seis gemas de ovos; mistura-se tudo e põe-se ao lume. Logo que ferva deita-se a massa obtida nas caixinhas e metem-se os pastéis no forno para cozer.
Servem-se polvilhados com canela e açúcar.

Existe outra receita, talvez mais aldrabada embora também muito boa - que já a fiz muitas vezes -, de Pastéis de Nata. veja-a aqui. Se preferir ou quiser comparar, temos também uma receita de Pastéis de Belém que é óptima. Veja-a aqui.