sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Doce de Ginja

Aerolitho-semanario de instrucção e recreio 
Domingo, 22 de Julho 1883

Doce de Ginja

O doce de ginja pode-se fazer com ou sem caroços.
Tomam-se três kilos de ginjas, maduras e sãs, cortam-se-lhes os pés e deitam-se em igual porção de açúcar cristalizado, deixa-se ferver em vaso tapado, escuma-se, tira-se do lume e coa-se por um saco de camurça.
No outro dia depois de estar coado encorpora-se-lhe uma porção de sumo de groselhas, ferve-se em vaso tapado por três quartos de hora, ou uma hora, até que fique em consistência própria, deixa-se esfriar e deita-se em pucaros de barro ou boiões e cobre-se com uma camada de sumo de groselhas ou framboesas.