quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Torta Grão-Duque


Torta Grão-Duque

500 gr. de maçãs, 180 de açúcar, 100 de manteiga, 2 ovos, sumo de 1 limão, q.b. de cerejas cristalizadas.
Ponha num tacho as maçãs cortadas em rodas finas, juntas com o açúcar e o limão. Ferve até desfazerem, mexendo sempre para não pegar. Quando desfeitas, tira-se e junta-se as gemas desfeitas num pingo de leite. Volta novamente ao lume para cozerem.
Tira-se, deita-se a manteiga e bate-se muito bem para ligar.
Faz-se a massa da torta com 150 grs. de farinha e 75 de margarina esfregando-se as duas coisas até estarem encorporadas. Derrete-se 30 gr. de açúcar em 30 gr. de água e uma pitada de sal levando ao lume a amornar.
Deita-se na farinha e amassa-se rapidamente e faz-se uma bola. Estende-se e forra-se a torteira levando ao forno a alourar.
Tira-se e põe-se dentro o recheio da maçã.
Batem-se as claras em castelo com 2 colheres de açúcar, colocando-as aos montinhos sobre a torta. Coloca-se 1 cereja sobre cada montinho e leva-se ao forno uns minutos só para tostar a clara.

Recheio de ananaz -  6 rodelas de ananaz (pode ser de lata), o mesmo peso do ananaz em açúcar, 3 decilitros de leite, 1 colher (de sopa) de farinha custarda.
Põe-se o açúcar ao lume até ponto de espadana com um pouco de água. Deitam-se 5 rodelas de ananaz partidas aos bocadinhos, ferve um pouco e põe-se de parte.
Ferve-se o leite e deita-se em cima da custarda que deve estar já desfeita num pouco de leite frio. Volta ao lume a engrossar.
Tira-se e deita-se dentro o ananaz e mais açúcar se for necessário. Enche-se a torta e enfeita-se com a rodela do ananaz restante.