quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Fatias Revolucionárias

 Manual do Confeiteiro e Pasteleiro: Nova arte do Conserveiro e Doceiro, Enciclopédia Bordalo, 
Vol. XII, Editor Arnaldo Bordalo, Lisboa, 1904 - pág.53/54
 
 
Fatias Revolucionárias
 
Torram-se e raspam-se algumas fatias de pão; molham-se em vinho branco e abafam-se de modo que fiquem brandas; passam-se por ovos bem batidos, fregem-se em açúcar em ponto não muito alto, e, logo que estejam fritas, regam-se com o molho da frigideira e polvilham-se, por ultimo, de canela.