segunda-feira, 29 de julho de 2013

Doce de Vinagre


 Brados do Alentejo, 1932

Doce de Vinagre

Pegue num tachinho, deite-lhe meio litro de leite, ponha ao lume e quando levantar fervura junte-lhe duzentos e cinquenta gramas de açúcar, uma pequena boneca de ervas doces e uma colher de vinagre branco. Mexa tudo, para derreter o açúcar, e deixe ferver em lume brando até reduzir o liquido e tomar ponto. Parta com a colher os farrapos que se formaram do leite, junte-lhe seis gemas e uma clara de ovo batida e vá mexendo até tomar consistência. Quando tiver fervido um pouco e estiver grossinho tire-o do lume, mas resguarde-o, porque apesar de ser de vinagre e contra o velho rifão, pode atrair as moscas e os gulosos.