sexta-feira, 21 de junho de 2013

Hoje não há receita


Hoje não há receita. Passei o dia todo na cozinha, preparando alguns mimos para um almoço que se irá realizar amanhã. Um almoço muito especial, com a família (muito) alargada, na casa berço de uma geração de pessoas que me marcou muitíssimo (e não só a mim, que eu bem sei!). Se por um lado vamos homenagear quem já nos deixou, por outro vamos fortalecer laços de sangue e de amizade.

Como escreveu um dia a minha Avó Eduarda, em carta de 26/11/03, a uma sobrinha e minha querida prima Maria do Carmo:

“Enquanto nós existirmos, as pessoas que amamos não morreram, porque vivem sempre na nossa lembrança e no nosso coração. Vamos recordá-las sempre com muita saudade, mas sem tristeza. Temos tantas coisas, tantos momentos, tantas lembranças tão boas nas nossas memórias, que é isso que devemos sempre conservar como um bem precioso. Temos de nos sentir felizes com a Família que Deus nos deu. Com os que já partiram e com todos os que temos junto de nós.”

E é exactamente isto que vamos "celebrar" amanhã...


Hoje não há receita de doce... há uma receita de vida...