quarta-feira, 3 de abril de 2013

Pãesinhos para o chá

Outra das coisas que fui descobrir nas gavetas de casa da Avó foram recortes e recortinhos de jornais com receitas. Não acho que fiquem mal neste blogue. Mais não seja porque suscitaram a atenção de alguém e foram, imagino, experimentados. Sempre que possível irei mencionar a data e o jornal em questão.


(Comércio do Porto, 09 de Novembro de 1930)

Pãesinhos para o chá
300 gr. de farinha de trigo
60 gr.de fermento inglês
60 gr. de manteiga fresca
6 gr. de sal fino
60 gr. de açúcar
3 ovos
1 decilitro de leite fervido.
Põe-se tudo numa tigela menos o leite e o fermento, misturando muito bem.
Feito isto, junta-se o fermento e depois o leite, mexendo sempre até que a massa esteja bem ligada.
Se por qualquer motivo ficar muito seca a massa pode juntar-se um bocadinho mais de leite, mas pouco, porque é preciso que a massa fique consistente para dar resultado.
Tomam-se bocadinhos de massa do tamanho de nozes e dispõem num tabuleiro, polvilhado de farinha e leva-se ao forno. É preciso que os bocados fiquem muito separados porque aumentam bastante de volume.
Devem servir-se quentes, cortados ao meio e untados de manteiga as faces do corte.