terça-feira, 9 de abril de 2013

Fatias Douradas

Comércio do Porto, 27 de Dezembro de 1936

Fatias Douradas

Parte-se o pão em fatias delgadas.
Ponha-se ao lume, uma porção de açúcar diluido em água e leva-se a calda a ponto de espadana larga.
Enquanto a calda se prepara, batem-se uns poucos de ovos, numa vazilha, mergulham-se neles as fatias, até que estejam bem ensopadas e lançam-se na calda a ferver.
Quando os ovos que cobrem as fatias estão cozidos, tiram-se estas com uma espumadeira, dispõem-se numa travessa, polvilham-se com canela em pó e regam-se com o resto da calda.
Ao cozer as fatias na calda, é conveniente ir lançando, de vez em quando, uns golos de água para que com a fervura não fique em ponto muito apertado.